Pilatos proclamou Jesus Deus?

Havia uma mensagem pregada na cruz de Jesus. Não é fácil de ver, mas está lá. O que escreveu Pilatos? Ele escreveu mais do que você sabe. Escreveu Pilatos intencionalmente a mensagem e pregou-a na cruz?

Claro, sabemos o que é realmente importante. Pregado na cruz de Jesus Cristo estava todo o pecado que cometemos, ou cometeremos. Jesus levou sobre Si os nossos pecados e pagou por eles com o Seu sangue, abrindo o caminho da salvação para todos os que vêm a Ele em fé. Mas há também outra mensagem pregada a essa cruz. Foi escrito em um pedaço de madeira, colocado acima da cabeça do Cordeiro de Deus, e proclamou Jesus não apenas de ser o Rei dos judeus, mas também de ser o Grande Eu Sou.

Uma mensagem escondida escrita em madeira

Esta mensagem é um remez. Um remez, na hermenêutica judaica (o estudo das Escrituras), é a sugestão de uma mensagem oculta ou de um significado mais profundo. É algo “abaixo da superfície” ou “por trás das palavras” que revela outra mensagem ou um entendimento mais profundo. Encontramos um remez no pedaço de madeira que Pilatos ordenou para ser pregado na cruz de Jesus. É realmente incrível o que Pilatos ordenou que fosse escrito nele.

As Escrituras nos dizem que Pilatos fez a Jesus a pergunta: “És o Rei dos Judeus?” Também nos é dito que Jesus confirmou as palavras de Pilatos com: “Tu o dizes” (Lucas 23: 3). Pilatos se ofereceu para libertar um dos prisioneiros para o povo e ele usou o título “O Rei dos Judeus” em referência a Jesus:

João 18:39 “Mas vós tendes por costume que eu vos solte alguém pela páscoa. Quereis, pois, que vos solte o Rei dos Judeus?”

Os judeus não aceitaram essa oferta, mas em vez disso clamaram: “Crucifica-o” (Lucas 23:21). Então Pilatos condenou Jesus a ser crucificado.

O Títlon

Era costume os romanos colocarem um sinal em cada cruz. Este sinal indicava a pessoa que estava sendo crucificada com o crime pelo qual haviam sido acusados. O sinal era chamado de titlon e era um anúncio oficial do oficial do governo. Pilatos escreveu a inscrição e pregou-a no topo da cruz de Jesus.

João 19:19 E Pilatos escreveu, também, um título, e pô-lo em cima da cruz; e nele estava escrito: Jesus Nazareno, Rei dos Judeus.

Isso irritou muito os principais sacerdotes dos judeus, que exigiram de Pilatos.

João 19:21 … “Não escreva, ‘O Rei dos Judeus’, mas, ‘Ele disse:’ Eu sou o Rei dos Judeus ‘.’

Pilatos respondeu com

João 19:22 “O que escrevi, escrevi.”

Em grego, Pilatos respondeu ao sumo sacerdote usando o tempo perfeito, que é entendido como significando: “O que escrevi permanecerá sempre escrito”. E assim permaneceu escrito – não apenas na cruz naquele dia, mas ao longo das páginas de história daquela época em diante.

O que tornou os principais sacerdotes tão chateados?

Aqui é onde encontramos o remez ou a mensagem oculta. Sim, sabemos que os chefes dos sacerdotes não queriam reconhecer Jesus de Nazaré como o rei dos judeus, mas pode ter havido algo muito mais profundo que os alarmou e os preocupou ainda mais.

As informações a seguir são algo que aprendi nos ensinos de estudo bíblico de Chuck Missler (khouse.org). Eu a apresento para sua consideração e encorajo-o a pesquisar a Escritura para ver se é mesmo assim (Chuck Missler também lhe diria para fazer o mesmo). É muito interessante e tem mérito. Há definitivamente uma mensagem, mas se Pilatos pretendia que fosse assim, não sabemos. Também não sabemos se isso despertou a ira dos principais sacerdotes, mas há motivos para acreditar que eles teriam visto a mensagem no titlon e entenderam o que ela proclamava.

Um epitáfio acima da cabeça de Jesus

Pilatos pode não ter entendido o que estava a fazer quando deu instruções para que as palavras fossem inscritas no titlon colocado acima da cabeça de Jesus. Ele exigiu que as palavras Jesus de Nazaré, Rei dos Judeus, fossem escritas nas três línguas daquele tempo. O hebraico era a língua nativa do povo de Jerusalém, a terra em que Jesus estava sendo crucificado. O grego era a língua comum usada durante esse tempo. E o latim era a língua oficial do poder governante do dia, Roma.

João 19: 19-20 E Pilatos escreveu, também, um título, e pô-lo em cima da cruz; e nele estava escrito: Jesus Nazareno, Rei dos Judeus. E muitos dos judeus leram este título, porque o lugar onde Jesus estava crucificado era próximo da cidade; e estava escrito em hebraico, grego e latim.
O remez é encontrado na compreensão da inscrição escrita em hebraico. Lembre-se de que o idioma hebraico é escrito da direita para a esquerda, então seria:

Os judeus o rei o Jesus Nazareno

HaYehudim v Melech HaNazarei Yeshua

A mensagem é encontrada no acróstico que é formado por essas palavras. Um acróstico é uma forma de escrita na qual as primeiras letras de cada palavra, linha ou parágrafo são agrupadas para formar uma palavra ou mensagem (chamamos isso de acrônimo).

Acrósticos são encontrados ao longo de escritos hebraicos, incluindo nos livros de Lamentações, Ester, Levítico, Provérbios 31 e numerosos salmos – mais notavelmente o mais longo salmo, Salmo 119, que é dividido em subseções com cada seção começando com uma letra do alfabeto hebraico .

O acróstico formado pelas primeiras letras de cada palavra na inscrição no titlon (lendo da direita para a esquerda) é YHVH. Portanto, acima da cabeça de Jesus, escrito num acróstico, foi revelado “YHVH”, que é o SENHOR ou Jeová. Este é o nome da aliança de Deus, dado ao Seu povo. É também conhecido como o Tetragrammaton, o nome impronunciável de Deus e o Grande Eu Sou.

pilate_titlon-800x388

Quem sabia?

Sabia Pilatos o que estava a escrever? Não temos como saber com certeza, mas se Pilatos tivesse escrito essas palavras em qualquer outra sequência ou com mais ou menos palavras, não teria revelado a mesma mensagem.

Sabiam os judeus o que Pilatos escrevera? Temos boas razões para suspeitar que sim, porque os judeus daquela época entendiam e reconheciam os acrósticos de seu uso comum em muitos de seus escritos.

Os principais sacerdotes e fariseus sabiam que Jesus era Deus? Novamente, não sabemos ao certo, mas há motivos para pensar que sim. Sabemos que eles se sentiram ameaçados por Jesus e levaram a sério a ameaça que os seguidores comprometidos de Jesus representariam para o seu sistema de religião. Isso fica claro quando os principais sacerdotes e fariseus pediram que a tumba fosse guardada e deram como certo o que Jesus disse que ressuscitaria dos mortos (Mateus 27: 62-64). Eles expressaram preocupação de que Seu corpo podia ser roubado por Seus seguidores.

Pilatos concordou com o pedido deles para proteger o túmulo, e ele o fez “selando a pedra e fixando uma guarda” (Mateus 27: 65-66). Ao fazer isso, Pilatos forneceu mais evidências do poder da ressurreição de Jesus Cristo. Nenhum homem humano poderia ter movido essa pedra, nem escapado daqueles guardas.

Jesus, o nazareno, o rei dos judeus = Yahweh

É divertido encontrar um remez. É a revelação de um mistério mais profundo que nos dá mais uma razão para nos regozijarmos no Senhor e em tudo o que Ele revelou em Sua Palavra. É um lembrete da natureza divina e inspiração em todas as páginas da Bíblia e que, em Sua Palavra, Deus revelou a todos nós que precisamos confiar Nele em todas as coisas.

Deus continua a revelar mais e mais sobre Si mesmo através da Sua Palavra. Seja um bom aluno da Palavra e teste todos os ensinamentos contra as Escrituras. Aprofunde-se e aprenda mais sobre Aquele que é o nosso All-in-All. Ele é o rei dos judeus e o rei dos nossos corações.
… Eis que o reino de Deus está dentro de você.
Porque o reino de Deus é…
justiça, paz e alegria no Espírito Santo.
(Lucas 17:21, Romanos 14:17)

Artigo original por Shari Abbott em https://reasonsforhopejesus.com/pilate-proclaimed-jesus-god/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: