O único fracasso é desistir. Onde começar (novamente) nas devoções familiares

Muitos dos pais que conheço não sentem alegria e prazer nas devoções familiares. As mães e os pais relutantemente admitem que não têm sido consistentes, que atualmente não estão fazendo devoções familiares ou que não têm certeza se o que estão a fazer é eficaz.

Como pais, nós experimentamos dois obstáculos principais. Primeiro, o inimigo condena todas as nossas tentativas, sempre pronto a apontar qualquer falha. Em segundo lugar, tendemos a avaliar nossas devoções familiares por meio de nossa apresentação, em vez de pelo poder de Deus. Ponha nisso um pouco de desobediência das crianças, e você tem uma receita para desastre nas devoções familiares.

Lembro-me da noite em que meus filhos começaram a brigar quando comecei a devoção depois do jantar. Minha ira se acendeu e gritei: “Prestem atenção. Estamos tendo devoções familiares! ” Essa explosão de ira só me desencorajou ainda mais. Não só eu sou inconsistente nas devoções familiares, e agora até estou a ficar com ira. Senti que devia atirar a toalha ao chão e desistir. Soa familiar?

Então, como você redescobre a alegria nas devoções familiares? Deixe-me dar algumas dicas encorajadoras.

1. Você não pode falhar a não ser que desista.

Precisamos desenvolver uma perspetiva de Provérbios 24:16: “embora os justos caiam sete vezes, eles se levantam novamente.” Cair não é fracasso. Nós não falhamos a menos que nos recusemos a nos levantar da última queda. Se você desistiu do caminho das devoções familiares regulares, levante-se, limpe-se e volte à trilha. Não há maneira mais rápida de transformar a condenação e o desencorajamento em alegria do que decidir começar a manter as devoções familiares novamente.
2. O poder está na Palavra de Deus, não nas suas palavras.

Há uma grande alegria em saber que o sucesso de suas devoções para transformar seus filhos não depende de sua apresentação. Como pais, precisamos aplicar Hebreus 4:12: “Pois a palavra de Deus é viva e poderosa. É mais cortante que qualquer espada de dois gumes [nas devoções familiares mais fracas], penetrando entre a alma [do seu filho ou filha] e o espírito, entre a junta e a medula, e trazendo à luz até os pensamentos e desejos mais íntimo [de seus filhos enquanto você compartilha as Escrituras].” Resumindo, o poder está no evangelho, não em nossa apresentação.

3. A Palavra de Deus não falha.

Mantenha firme a promessa de que a palavra de Deus não retornará vazia (Isaías 55:11). Nenhuma Escritura me ajudou mais nessa área do que Gálatas 6: 9: “Portanto, não nos cansemos de fazer o bem. No momento certo, teremos uma colheita de bênçãos, se não desistirmos.”.

Dois meses atrás, cortei alguns galhos da figueira de um vizinho com a esperança de que um dos galhos pudesse brotar. Quando os galhos formaram um fungo branco em vez de folhas verdes, tive certeza de que o projeto estava perdido. Pouco antes de decidir desistir e jogar o lote na pilha de palha, dei mais um dia. Para minha surpresa, vários dos meus ramos deixados para a morte brotaram folhas e raízes durante a noite! Minha deceção se transformou em alegria quando louvei a Deus. Ser pai é muito parecido com isso; as coisas parecem mortas antes de germinarem a vida. Paternidade exige paciência, e salvar é o trabalho de Deus. Nós plantamos, nós regamos, mas somente Deus pode fazer as coisas crescerem (1 Coríntios 3: 6-7).

Se você tem uma criança mais velha que rejeita suas tentativas de devoção familiar formal, mude para uma abordagem mais relacional e informal. Leve-o (a) a um café e chame a atenção dele sobre sua vida, procurando uma oportunidade de oferecer algum conselho bíblico e compartilhar o que Deus está fazendo na sua própria vida.

Nunca perca a esperança de que Deus salvará seus filhos do pecado deles. Deus é fiel – ouça isso e aplique-o à sua família. Vá buscar sua alegria presente na esperança futura na capacidade fiel de Deus de suavizar o coração do filho ou da filha mais difícil. Creia que um dia você irá ecoar as palavras do apóstolo João: “Eu não poderia ter maior alegria que saber que meus filhos têm seguido a verdade” (3 João 1: 4).

Onde começar

Não é suposto nossa alegria brotar do nosso trabalho; nossa alegria flui da confiança profunda e duradoura na fidelidade de Deus em usar nosso trabalho. Então, se está numa época em que não tem devoções familiares regulares, deixe-me encorajá-lo a se levantar e começar de novo. Se você está pronto para voltar, aqui estão algumas dicas práticas que me ajudaram nas devoções familiares.

1. Mantenha suas devoções familiares curtas. Quem disse que as devoções familiares de cinco minutos não contam, está errado. Tudo o que você precisa fazer é compartilhar uma breve passagem da Bíblia e um pensamento para o dia. Faça uma pergunta aos seus filhos, e você pode passar de cinco a dez minutos.

2. Pequenas devoções no final de uma refeição. Refeições em família oferecem a oportunidade perfeita para adicionar uma pequena devoção antes da sobremesa. Mantenha seu congelador carregado com sorvete que você compartilha depois de uma devoção familiar, e seus filhos vão querer ficar por perto.

3. Almeje a ser fiel nas devoções, não fantástico. Lembre-se, estamos apenas plantando e regando. O Espírito Santo é o único responsável por dar vida aos corações dos nossos filhos. Se você está compartilhando as Escrituras e a mensagem do evangelho, então você está dando a eles a mais surpreendente verdade conhecida pelo homem. É o trabalho de Deus abrir os olhos para ver. Somos chamados a ser fiéis. Deus cuida de ajudá-los a ver quão fantástico é o evangelho.

Não deixe que o inimigo ou sua carne lhe roubem a esperança que um dia você se deleitará com a conversão deles. Nossa alegria flui da confiança em nosso fiel Deus para trabalhar através de nossos fracos esforços. Regozijamo-nos sempre no Senhor, não em nós mesmos (Filipenses 4: 4). Nosso fracasso não pode nos roubar de Sua fidelidade. Então, eu digo novamente se alegre!

Artigo original por Marty Machowski em https://www.desiringgod.org/articles/the-only-failure-is-to-quit

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: