A geometria da eternidade

Uma lição da física

Na física moderna, descobrimos recentemente que o tempo é uma propriedade física, que varia com a massa, aceleração e gravidade. Vivemos em um espaço de quatro dimensões em que o próprio tempo é uma das dimensões físicas.
Um dispositivo de medição de tempo em um campo gravitacional mais fraco avança mais rápido que um em um campo mais forte. Perto da superfície da Terra, a frequência aumenta cerca de uma parte em 10 ^ 16 por metro, então um relógio 100 metros mais alto que um segundo relógio terá uma frequência maior em uma parte em 10 ^ 14.
A aceleração também afeta o tempo. Os relógios levados para o este ao redor do mundo em um avião diferem um pouco de um relógio em repouso na Terra ou um transportado para o oeste, já que estão em rotação em diferentes velocidades sobre o centro da Terra e há uma diferença no potencial gravitacional. Em 1971, em experimentos com relógios atômicos enviados ao redor do mundo em aeronaves pelo Observatório Naval dos EUA, o relógio voador para o este perdeu 0,06 microssegundos e o  em direção ao ocidente ganhou 0,27 microssegundos, confirmando os efeitos relativísticos previstos.

A maioria dos livros didáticos sobre a Teoria da Relatividade de Einstein também usam a ilustração de dois astronautas gêmeos imaginários. Um permanece na terra; o outro, por exemplo, empreende numa missão espacial na qual o veículo alcança uma velocidade de metade da velocidade da luz, na rota para a estrela mais próxima, Alpha Centari, a cerca de quatro anos-luz de distância. Quando o viajante retornasse à terra, ele seria mais de dois anos mais novo que seu irmão gêmeo.
O tempo varia em relação à massa, aceleração e gravidade, o que não tem massa não tem tempo.

A geometria da eternidade

Nós assumimos que o tempo é linear e absoluto. Quando estávamos na escola, desenhávamos as linhas do tempo. O lado esquerdo de uma linha era o começo de algo: uma nação ou a vida de uma pessoa. O final da linha era o término de alguma coisa.
Assim, quando nos deparamos com o conceito de eternidade, tendemos a visualizar uma linha que começa no infinito à esquerda e se estende ao infinito à direita. Nós visualizamos Deus como alguém “que tem muito tempo”.
Mas isso é um erro da física. Deus tem “massa”? Ele está sujeito à gravidade? Dificilmente.
Deus não é alguém que tem muito tempo, Ele é alguém que está além do domínio do tempo. Isso é o que Isaías quer dizer quando diz que é Ele quem “habita a eternidade” (57:15).
Como Deus tem a tecnologia para nos criar, Ele certamente tem a tecnologia para nos enviar uma mensagem. Mas como Ele a autentica? Como Ele nos faz saber que é realmente Dele? Ao demonstrar que a origem da mensagem é de fora do domínio do tempo. Só Ele conhece “o fim desde o princípio” (Isaías 46:10).
A Bíblia consiste em 66 livros escritos por 40 autores ao longo de milhares de anos, mas agora descobrimos que é uma mensagem integrada que descreve a história com antecedência. Nós chamamos isso de profecia.

O seu eterno “eu”

O software não tem massa. Uma disquete de computador em branco pesa cerca de 0,7 onças. Se você carregá-la com mais de um milhão de bytes de software, custando centenas de dólares, ela ainda pesa 0,7 onças. O software pode até mesmo ser transportado pelas ondas aéreas ou por uma linha de comunicação, porque não tem massa própria. Portanto, não possui dimensão temporal própria.
O seu real “eu” não tem massa. É como um software. Chame isso de alma, espírito ou o que você quiser, não tem massa. Ela habita temporariamente esse corpo por um tempo, mas não tem massa própria. Portanto, não tem dimensão temporal. É eterno. O seu verdadeiro “eu”, a parte de você que não está limitada à massa física, existirá por toda a eternidade.
Esse é o problema. Você passará a eternidade na presença de Deus ou banido para sempre da Sua presença. A natureza inerente de Deus inclui a justiça e requer o banimento da imperfeição de Sua presença. Nós chamamos nosso pecado de imperfeição. É um defeito genético que herdamos de Adão.
Felizmente, Deus antecipou essa barreira e forneceu um remédio. Seu remédio é o resultado de uma história de amor – uma história de amor escrita com sangue em uma cruz de madeira na Judeia há quase 2000 anos. Jesus substituiu Sua elegibilidade em nosso nome, e Sua elegibilidade está disponível simplesmente ao pedir.
A maioria de nós assume que a eternidade está no futuro. O passado é apenas uma lembrança, O futuro é uma esperança efêmera. Pode ser uma surpresa perceber que nossa conexão com a eternidade é agora.
Sua conexão com a eternidade é agora. Você está realmente em Cristo? Você está certo da sua posição na eternidade? Você pode determinar seu destino eterno – agora mesmo – na privacidade de sua vontade, apenas pedindo a Jesus Cristo para aplicar Sua elegibilidade a você e assumir o controle.
Esse compromisso irá lançá-lo na maior aventura de todas. Esse compromisso é a razão pela qual você está aqui lendo isto, agora mesmo.

eternity

 

Excerto do livro :

The Way of Agape: Understanding God’s Love por Nancy e Chuck Missler

 

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: