Dois versos me sustentaram durante o sofrimento

Ela colocou seu mundo em espera por minha causa.

Quatro anos atrás, quando de repente me encontrei no hospital por dez dias assustadores e tortuosos, minha esposa Luella nunca saiu do meu lado. Não foi só ela estar lá durante o horário normal de visitas para conversar com médicos e para saudar os visitantes que eu não podia cumprimentar. Ela dormia ao meu lado em uma poltrona desconfortável todas as noites.

“Nossa esperança não é encontrada em entender por que Deus traz dificuldades em nossas vidas.”

Quando os espasmos voltaram, a dor se intensificava, ou a enfermeira me acordava para tomar remédio, Luella estava sempre comigo. De manhã, quando acordava para encarar um dia que realmente não queria encarar, Luella estava bem ali comigo. Quando as lágrimas vieram, ela estava lá para consolar. Quando desanimei, ela foi rápida em encorajar.

Ela disse-me muitas coisas encorajadoras naquele quarto de hospital em meus momentos de sofrimento físico e espiritual, mas havia cinco palavras que ela repetia para mim repetidas vezes que eu precisava ouvir mais: “Paulo, seu Senhor está próximo”.

Mais do que palavras

Desde então, tenho pensado muitas vezes que a presença fiel e atenta de Luella nos dias mais negros e mais fracos é uma bela imagem da presença fiel de outra Pessoa. Deus é o principal presente. Ele invadiu a nossa vida em Sua graça. Ele está connosco, por nós e em nós.

A esperança que temos é mais do que um sistema teológico ou alguns princípios de sabedoria para a vida cotidiana. Nossa esperança repousa na presença voluntária, fiel, poderosa e amorosa do Deus connosco. É o principal presente dos presentes para todos que percorrem o caminho duro e acidentado entre o nascimento e a eternidade. Deus não nos dá nenhum presente mais doce e belo do que o dom de Si mesmo. Ele é o presente que muda tudo.

Nossa esperança não é encontrada em entender porque Deus traz dificuldades nas nossas vidas. Nossa esperança não é encontrada na crença de que, de alguma forma, conseguiremos superar nosso caminho. Nossa esperança não é encontrada em médicos, advogados, pastores, familiares ou amigos. Nossa esperança não se encontra em nossa resiliência ou ingenuidade. Nossa esperança não é encontrada em ideias ou coisas. Apesar de podermos olhar para todos aqueles para ajuda temporária, em última análise, nossa esperança está na presença fiel e graciosa do Senhor connosco.

Dois versos para memorizar de novo

Tenho certeza de que você memorizou esses dois versículos inúmeras vezes, mas quero voltar sua atenção para eles novamente. Essas duas incríveis promessas sobre a presença de Deus fornecem uma esperança verdadeira, duradoura e firme quando as coisas que você espera são espancadas, agredidas e quebradas em pedaços.

“E eu estarei sempre convosco” (Mateus 28:20)

É importante notar que Jesus falou estas palavras aos seus discípulos enquanto eles estavam sendo comissionados a dar suas vidas como agentes de sua grande missão redentora. Jesus terminou sua missão com estas palavras porque conhecia o mundo para o qual Ele enviava seus discípulos, e sabia o que eles enfrentariam.

Ele sabia que seu caminho seria difícil e seu trabalho desconfortável. Ele sabia que enfrentariam oposição constante, incompreensão, acusação e rejeição.

Ele sabia que eles seriam perseguidos e presos, perseguidos e espancados, e que muitos deles dariam suas vidas por sua causa.

Mas Ele não os deixaria sofrer sozinhos. Ele não os deixaria sofrer em sua própria força. Ele não os deixaria à sua própria posição política. Ele não os deixaria confiar em sua própria sabedoria. Ele daria a esses sofredores leais a melhor garantia de que Ele sempre estaria com eles. Ele não pensaria em enviá-los para a crueldade deste mundo caído sem ir com eles. Ele sabia o que eles estavam enfrentando, e lhes daria o que eles precisavam – e, mais do que qualquer outra coisa, o que eles precisavam era Dele.

“Não te deixarei, nem te desampararei.” (Josué 1:5)

Esta promessa é dada inúmeras vezes nas Escrituras. Toda vez que um dos filhos de Deus ou toda a comunidade dos filhos de Deus enfrentava algo difícil, novo, difícil ou esmagador, Deus os cumprimentava com essa promessa. Ele nunca os chamou para uma tarefa, enviou-os para um destino, ou os levou a dificuldades, e depois os abandonou. Não importa o quão difícil a situação ou inadequada sua resposta, Deus estava com eles e para eles. A declaração de que nunca iria deixá-los é um lembrete significativo e proteção para todos que sofrem.

Não é um Senhor distante

Em um ato indescritível de graça imerecida, Deus fez de você o lugar onde Ele vive, e na fidelidade desta graça Ele nunca se afastará de si.

Em todos os altos e baixos emocionais e espirituais, nos bons e maus dias, quando você luta ou sucumbe, uma coisa é certa: seu Senhor está consigo, e não há luta ou guerra onde jamais Ele estará longe de seus filhos. E sua presença garante que em seu sofrimento você terá tudo o que precisa.

Abaixo está uma meditação em forma de verso que escrevi para encorajar minha alma quando meu Senhor me levou a lugares inesperados e difíceis. Eu oro para que as verdades do evangelho estimulem uma adoração, descanso e celebração em si que as dificuldades da vida, deste lado da eternidade, não terão o poder de os terminar.

 

Você não é um Senhor distante
um mestre separado
movendo os peões
no quadro
em um ato impessoal
ganhador.
Seu senhorio
não me separa
de Si
como um servo
seria separado
de um rei. Não, você realizou
seu plano soberano
invadindo meu
mundo escuro e bagunçado
na pessoa
do Seu filho
dando-se
na graça radical
Para pessoas
que não viram valor
na sua proximidade.
Você é mestre
mas você é
Emanuel
Tu és o Senhor
mas és Pai.
Você é rei,
mas você é
Amigo
Você é soberano
mas você é
Pastor.
Seu governo não é longínquo.
Não, seu governo te traz
perto.
Eu tenho esperança hoje
porque você não é
distante.
E eu celebro
o incrível
descanso e força
para ser encontrado na realidade que
sua soberania
trouxe-O
perto.

 

Artigo original por Paul Tripp em : https://www.desiringgod.org/articles/two-verses-held-me-through-suffering

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: