Como ter certeza que seu passado não define quem você é

Eclesiastes 3:6 nos diz que há “um tempo de jogar fora“. Na cultura moderna, jogamos fora coisas de nossas casas para ter mais espaço ou mais liberdade para perseguir objetivos. Jogamos fora as coisas que já passaram da sua utilidade. Mas porque não jogamos fora as coisas do passado que nos atrapalham?

Para muitos, é difícil deixar o passado permanecer no passado. Memórias prejudiciais ou más escolhas agitam nosso cérebro e afetam comportamentos presentes.

O pior de tudo é que as pessoas permitem que o passado as defina.

Alguma mudança pode ser realizada com as ideias do mundo sobre a alteração de pensamentos negativos, mas quão melhor é conhecer Cristo e a Palavra de Deus! É a verdade Dele que nos dá uma nova identidade e possibilita a transformação.

Podemos viver como se nosso passado não nos defina mais!

  1. Como cristão, seu passado não o define.

Em Cristo, você é uma nova criação (2 Coríntios 5:17). Você se torna sua verdadeira identidade nEle. Amado e perdoado, você não é mais condenado (João 3:16; Efésios 1: 7-9; Romanos 8: 1).

Permitir que a culpa sobre o passado o defina leva a incapacidades espirituais. É útil entender a diferença entre culpa e convicção. A culpa pelos pecados passados (ou presentes) o pesa, desativa e leva à vergonha.

Mas a convicção pelo Espírito de Deus é encorajadora, porque leva ao arrependimento (2 Coríntios 7: 10a) e liberdade. Deus não se lembra mais do seu pecado (Salmo 103: 12; Isaías 43:25).

Por que você permitiria que seu passado lhe dissesse quem você é? Jesus disse que quando você conhece a verdade, você é libertado (João 8:32).

  1. Suas circunstâncias passadas não podem ser alteradas, mas você pode mudar.

O famoso treinador de basquete da UCLA, John Wooden, costumava dizer a seus jogadores: “Não morem no passado; você não podem fazer nada sobre o passado. Isso nunca mudará, quer tenha sido ontem ou no ano passado. O futuro ainda está para ser determinado e pode ser influenciado pelo que você faz hoje. Hoje é o único dia que realmente importa.

Seu passado não pode ser mudado, mas você pode mudar. Até as consequências das escolhas passadas podem ser usadas para a glória de Deus quando você pede que Ele transforme sua mente e seu coração. De fato, seu passado difícil pode ser a própria ferramenta que Deus usa para ajudá-lo a encorajar outras pessoas a não seguir sua jornada dolorosa.

Jesus disse ao homem possuído por demônios, restaurado à mente correta pelo Salvador (Lucas 8: 26-35), para contar às pessoas o que Deus havia feito por ele (Lucas 3:39). Deus quer usar a história de seu passado doloroso e sua vida redimida para Sua glória.

Como você vai cooperar com Ele?

  1. Seu passado de vergonha é perdoado em Cristo.

Considere os cristãos que ainda lutam com pecados sexuais passados ou adultério. Aqueles que estão de coração partido por um aborto passado. Crentes que cortaram as pessoas em pedaços com fofocas maliciosas e agora sentem vergonha dessa orgulhosa falta de amor.

Todos temos passados pecaminosos, mas nenhum está fora do alcance da misericórdia de Deus. 1 Coríntios 6: 9-11 fala de um passado vergonhoso: “e alguns de vocês eram assim mas foram purificados e santificados… “O perdão de Deus muda tudo! “Se confessarmos nossos pecados, ele é fiel e justo e nos perdoará e nos purificará de toda injustiça” (1 João 1: 9).

Pense em Pedro que falhou miseravelmente com o Senhor antes da tortura e morte do Salvador (Lucas 22: 54-62). Sem dúvida, ele se sentiu indigno de estar na presença ressuscitada de Jesus. Mas perdoado em Cristo, Pedro tornou-se um poderoso líder na igreja, alimentando as ovelhas do Senhor (João 21: 15-17).

  1. Seu passado o molda, mas você não deve morar lá.

Já foi dito: “Você não pode começar o próximo capítulo da sua vida se continuar relendo o último”. O Senhor não quer que você faça o papel de vítima ou culpe os outros. Ele não quer que você se afunde em falhas passadas ou seja escravizado pela amargura e pelo arrependimento.

Em vez disso, Ele quer que você avance e tome decisões bíblicas sábias. Tudo começa com uma mente renovada (Romanos 12: 2), porque seus pensamentos direcionam suas escolhas.

Seu passado inquestionavelmente molda seu caráter e reputação. Mas você não deve morar lá. Você nem deve residir em boas conquistas do passado, “descansando sobre os louros” em vez de considerar novas oportunidades.

O Senhor lembrou a Israel que Ele era o único Salvador misericordioso na infidelidade deles (Isaías 43: 1-17) e queria que o povo de Deus seguisse em frente com Ele. Ele disse: “Esqueçam tudo isso, não é nada comparado ao que vou fazer.
Pois estou prestes a realizar algo novo. Vejam, já comecei!”
(Isaías 43: 18-19a).

  1. Seu passado só tem o poder que você lhe dá.

Um antigo provérbio árabe diz: “Escreva coisas ruins que lhe são feitas na areia, mas escreva coisas boas que lhe acontecem num pedaço de mármore”. A maioria de nós faz o oposto. Gravamos coisas ruins que nos acontecem em mármore, e essas lembranças dolorosas se perpetuam.

É saudável optar por liberar mágoa e medo. Seu passado não pode mais machucá-lo, a menos que você permita que ele governe seus pensamentos e emoções.

É aconselhável perguntar: “Em que acredito sobre o meu passado?” Determine quais pensamentos e crenças atuais são produtos do seu passado. Em seguida, faça uma escolha consciente de abandonar as circunstâncias do passado que ainda o controlam – pensamentos e crenças que levam à autocondenação e à escravidão.

Liberte-se disso e torne-se a pessoa que o Criador projetou para si. Lance suas ansiedades no seu amoroso Senhor (1 Pedro 5: 7; Filipenses 4: 6) e ande em “novidade de vida” (Romanos 6: 4).

  1. Seu passado não é uma questão de opinião de outras pessoas sobre si.

As pessoas podem tentar categorizá-lo com base no seu passado. Às vezes você coopera nas opiniões deles porque ainda se sente reativo ao seu passado. Se você vive em derrota ou vergonha, as pessoas o verão como uma pessoa derrotada ou fraca.

Mas você pode mudar! Uma amiga disse-me recentemente: “Sempre que estou com minha irmã, ela traz à tona meu passado”. Isso causou-lhe profunda dor, porque minha amiga é uma seguidora de Cristo em crescimento. Mas ela aprendeu a dizer: “Sim, esse é o meu passado, mas eu não moro mais lá por causa de Jesus!”

As opiniões de outras pessoas sobre si não são tão importantes quanto a opinião do Senhor (1 Samuel 16: 7). Em Cristo, criamos um novo destino, e as opiniões dos outros podem mudar à medida que nos veem crescer e viver Nele. Consequências de erros passados ​​não podem ser evitadas, mas crescer em Cristo e ser fiel a Ele e à Palavra de Deus é nosso novo padrão de transformação (Gálatas 4: 7; Mateus 5:16).

Deixe que suas ações sejam agora uma afirmação de seu testemunho. Defina-se pelas crenças e comportamentos atuais – pela fé e obediência. Não tenha medo de falar pelo Senhor. Se Satanás lhe lembra de seu passado, lembre-o para onde ele está indo!

Se outras pessoas o lembrarem do seu passado, conte-lhes sobre o seu Salvador que mudou a sua vida.

  1. Seu passado provavelmente inclui padrões de escolhas passadas.

Ao pensar em avançar, é aconselhável demorar um pouco para considerar onde você esteve. Uma atividade proativa que me ajudou foi a criação de uma linha do tempo da vida com “marcadores” nas principais escolhas que lamento ou circunstâncias “injustas” que me machucam. Fiz isso para ver o panorama geral da minha vida – para colocar meu passado numa perspectiva adequada.

Ao criar a linha do tempo, também vi padrões que se desenvolveram como reações às minhas circunstâncias difíceis e às escolhas do passado. Vi orgulho contínuo, julgamento, medo e ansiedade.

Deus quer que você desenvolva novos padrões baseados na verdade das escrituras, em vez de nas suas respostas pecaminosas. Ao permitir que Ele reprograme sua mente (Romanos 12: 1-2), você poderá criar um comportamento divino.

Determine fazer escolhas sábias confiando e se submetendo ao Senhor e à Sua Palavra, e não se apoiando no entendimento errado (Provérbios 3: 5-6). Fixe seus olhos nas novas verdades espirituais e pense cuidadosamente nas escolhas diárias (Provérbios 4: 25-27).

  1. Seu passado é parte do seu crescimento em direção à maturidade.

Nancy DeMoss Wolgemuth escreveu em Um Lugar de Descanso Tranquilo: “Uma evidência de que nossa vontade foi quebrada é que começamos a agradecer a Deus por aquilo que antes parecia muito amargo, sabendo que Sua vontade é boa e que, da Sua maneira e em Seu tempo e maneira, Ele é capaz de tornar doces as águas mais amargas. ” Seu passado é parte do seu crescimento em direção à maturidade quando você entrega tudo ao Senhor.

Não esqueça as lições do seu passado; você não deseja repetir erros. Em vez disso, use as memórias do seu passado como motivadoras da mudança. Suas dificuldades e falhas – não apenas suas bênçãos e sucessos – ajudaram a torná-lo a pessoa que você é hoje. Aprenda com suas experiências.

Como cristão, você deve se tornar mais como Cristo. Quando você medita sobre erros e sucessos, seu passado pode ser um professor perspicaz. Você descobre como a graça de Deus é suficiente e Sua força é aperfeiçoada em sua fraqueza (2 Coríntios 12: 9). Você aprende a seguir em frente, esquecendo o seu passado e buscando com a graça de Deus o que está por vir (Filipenses 3: 12-14).

  1. Seu passado pode chamar pelo perdão.

Dwight L. Moody disse: “A voz do pecado é alta, mas a voz do perdão é ainda mais alta“. Seu passado pode pedir que você perdoe os outros antes de seguir em frente; e quando você perdoa, é um poderoso testemunho de Deus trabalhando através de si.

Lembre-se de perdoar os outros, assim como Cristo o perdoou.

Quando você perdoa aqueles que o magoaram ou machucaram – mesmo que nunca tenham pedido desculpa- você pode viver em liberdade, em vez de se escravizar com seu passado. Você pode livrar-se da amargura e raiva tóxicas e se tornar mais gentil e compassivo. Eu recomendo o livro de Nancy DeMoss Wolgemuth, Choosing Forgiveness, para ajudar nesse processo.

Reivindique o poder em 1 João 1: 9. Confesse e renuncie aos pecados do seu passado (Provérbios 28:13) e siga em frente.

  1. Seu passado pode sugerir oportunidades para incentivar outras pessoas.

Muitos querem manter seu passado em segredo, mas Deus pode estar a dizer: “Quero que você conte aos outros como Jesus o resgatou”. Considere novas oportunidades para alcançar outros e fazer a diferença. Permita que as lições do seu passado o levem a um ministério e serviço maiores, planeados por Deus (Efésios 2:10).

Um testemunho tem um impacto poderoso. As pessoas podem contestar as escrituras e negar o Senhor, mas é difícil negar a transformação que Deus faz na vida. Histórias de vitória sobre a dor e a mágoa do passado são evidências de mudança. Deus tem um grande propósito em resgatar cada um de nós. O que Satanás quer usar para o mal em nossas vidas, Deus quer transformar e usar para Sua glória.

Hebreus 12: 1 encoraja você a jogar fora tudo o que atrapalha – incluindo os comportamentos controladores enraizados em seu passado e os pecados enredados em seu coração – e correr com perseverança a nova corrida que Deus marcou para si. Essa “corrida” pode envolver ensinar aos outros o que você aprendeu através de experiências difíceis e da graça de Deus. Pode incluir confortar ou encorajar as pessoas feridas, ajudá-las a entender a Palavra de Deus ou servi-las.

Permitir que o seu passado o defina apenas leva à miséria. Mas, descansando na verdade das escrituras, você pode permitir que o Espírito Santo o use de maneiras poderosas.

Artigo original por Dawn Wilson em : https://www.crosswalk.com/faith/spiritual-life/how-to-be-confident-that-your-past-doesnt-define-who-you-are.html

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: