Porque Ester quis os dez filhos de Hamã pendurados na forca, depois de já terem sido mortos?

O livro de Ester está repleto de muitas histórias que ilustram os judeus derrotando seus inimigos e celebrando sua vitória. Enquanto lia o livro de Ester, muitas perguntas intrigantes me vieram à mente. Todos nós lemos como Hamã tentou derrotar os judeus com seus modos mentirosos e enganosos, mas Ester cessou todas as suas ações defeituosas. Enquanto lia o capítulo 9, notei que os judeus se defenderam rapidamente, atacando todos os inimigos com a espada e destruindo todos os que os odiavam, incluindo os dez filhos de Hamã. Agora, esta próxima parte é onde minha mente começou a ficar confusa. O rei contou a Ester tudo o que aconteceu sobre os dez filhos de Hamã, então nos versículos 13-14, o rei concede a Ester um desejo e mais um pedido. Em Ester 9: 13-14, “Se for do agrado do rei, permita-se que os judeus que estão em Susa amanhã também façam conforme o edito de hoje. E que os dez filhos de Hamã sejam enforcados na forca”. Rapidamente comecei a me perguntar, qual o motivo dela fazer isso e qual era o significado dos dez filhos de Hamã?

Poderia ter sido um aviso justo para os inimigos?

Neste texto, notei todos os planos perversos que Hamã havia estabelecido para o povo judeu. Todos os eventos começaram quando Mardoqueu não se curvou e o reconheceu. Hamã queria que todos os judeus que estavam presentes em sua visão fossem destruídos. Depois que todas as notícias chegaram a Ester, seus planos rapidamente começaram a decair. Percebemos que Hamã foi pendurado na forca e também essa ordem exata foi dada a seus filhos. De acordo com http://www.studylight.org/dictionaries/hbd/view.cgi?n=2182 , forca se referia à plataforma na qual uma pessoa era enforcada. O termo hebraico traduzido como “forca” em Ester é a palavra para árvore. Todos os dez filhos de Hamã foram pendurados publicamente numa árvore, mas questionei-me porque o castigo de Ester foi tão severo. Durante minha pesquisa, http://www.traed.net/timechapter09.html argumentou que a exibição pública dos dez corpos ajudaria a deter qualquer anti-semitismo e serviria como um aviso para qualquer um que tentasse planear o mal futuro contra o Judeus. Acredito que o castigo de Ester foi muito aceitável para os dez filhos de Hamã. Além disso, acredito que o pedido de Ester também pode ter sido em maioria proveniente de emoções devido ao fato de Hamã ter feito os judeus passarem por muitas coisas. Eu sinto que é preciso apenas um exemplo extremo para atrair a atenção dos outros, e foi isso que Ester mostrou.

O que havia de significativo nos dez filhos de Hamã?

Ao longo deste capítulo, Hamã foi considerado mau e conhecido por sua tentativa de perseguir os judeus. Ele também era conhecido por estar “preso em si mesmo”, o que fez foi tudo sobre e para ele. Quando comecei a pesquisar, descobri muitas coisas interessantes. De acordo com 10/http://www.tillhecomes.org/sermons/esther/esther_9-10/ , cada um dos dez filhos de Hamã contém a palavra “self”(eu) na língua persa. Achei muito interessante que Hamã nomeasse seus dez filhos com o seu próprio nome. Então agora me perguntava como o significado desses nomes se relacionava com o castigo de Esther. Aqui em 10/ http://www.tillhecomes.org/sermons/esther/esther_9-10/ também acreditam que o eu deve morrer antes da vitória. Afirma que não apenas Ester matou Hamã, mas também seus filhos, a quem ele nomeou como representação dele. Eu sinto que Ester realizou essas ações para garantir que toda a queda de Hamã fosse concluída.

  • Dalphon significa “eu chorando” ou “auto piedade”.
  • Aspatha significa “eu montado” ou “auto-suficiente”.
  • Poratha significa “eu generoso” ou “auto indulgente”.
  • Adalia significa “eu fraco” ou mais provavelmente “eu humilde”. Você já conheceu alguém que se orgulha de ser humilde? Hamã deve ter sido assim, andando por aí se gabando de quão humilde ele era.
  • Aridatha significa “eu forte” ou “auto assertivo”.
  • Parmashta significa “eu preeminente” ou “ambição própria”.
  • Arisai significa “eu ousado” ou “eu sou ousado”.
  • Aridai significa “eu digno” ou “eu sou superior”.
  • E Vaizatha significa “eu puro” ou “justo próprio”.
  • Parshandatha significa “eu curioso” ou “eu sou curioso”.

Concluindo, agora percebo a importância das decisões de Ester em relação aos dez filhos de Hamã. Suas ações não apenas a representavam, mas também o povo judeu. Ester exibiu os procedimentos adequados para uma situação como essa. Ela se certificou de que Hamã e qualquer coisa associada a ele estivesse arruinada. Contudo; e mesmo que todas as teorias sejam verdadeiras, sinto que os assuntos em questão foram concluídos num estado heroico.

Artigo original em : https://denglish3.wordpress.com/2014/11/10/why-did-esther-want-hamans-ten-sons-hung-on-gallows-after-they-had-already-been-slain/?fbclid=IwAR1ubV97V9VpyU9RfChCiDPvIpv-fJhN8eq3kT4MFW6mfoNGszDHzYv6Wv4

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: