O crescimento populacional bate certo com o relógio da Bíblia e do DNA

De acordo com cronologias e genealogias bíblicas detalhadas, o Dilúvio global registado em Gênesis que eliminou a humanidade ocorreu há cerca de 4.500 anos.1,2 Então a Terra foi repovoada pelos três filhos de Noé e suas três esposas. Como relatei há alguns meses, acaba de ser publicado um projeto de pesquisa que usou dados de sequência de DNA de alta qualidade para desenvolver um relógio genético do cromossomo Y humano que combina perfeitamente com a linha do tempo da Bíblia das origens humanas modernas.3,4

Agora, o mesmo pesquisador mostrou que as curvas de crescimento da população humana nos últimos milhares de anos combinam com os novos dados do cromossomo Y e a cronologia de eventos bíblicos.5

A maioria das especulações evolucionárias alega que os humanos modernos não surgiram até que nossos ancestrais migraram da África entre 100.000 e 200.000 anos atrás. No entanto, uma série de pesquisas seculares e criacionistas analisando uma variedade de relógios de DNA indicaram uma escala de tempo muito mais curta de não mais de 5.000 a 10.000 anos.6-9 E um novo estudo mais preciso do DNA do cromossomo Y humano demonstra que não apenas os estudos anteriores são justificados em suas previsões de curto prazo, como a linha do tempo da Bíblia do Dilúvio global parece estar correta. De fato, o pesquisador do estudo mostrou empiricamente que apenas cerca de 4.500 anos de mutações se acumularam no registo de DNA do cromossomo Y humano. Se a humanidade existe há 100.000 a 200.000 anos, deveríamos ter acumulado entre 8-59 vezes o número de mutações realmente observadas.4

Mas e o crescimento da população humana? Combina com esses cronogramas baseados na Bíblia e os novos dados genéticos? Como se vê, cientistas seculares e criacionistas geralmente concordam com os eventos básicos e os modelos de crescimento populacional dos últimos 3.000 anos. Mas quando as datas vão além disso, há discrepâncias em seus modelos.

O pesquisador criacionista, Nathaniel Jeanson, decidiu ver como o crescimento da população combinaria com as divisões nas linhagens nos dados do relógio genético do cromossomo Y.5 Isso foi possível porque esse tipo de dado genético pode ser analisado em uma estrutura semelhante a uma árvore. Nessa linha de raciocínio, uma escala de tempo bíblica prevê que os últimos 4.500 anos de crescimento da população humana devem ser refletidos nos eventos de ramificação das linhagens humanas nos dados da árvore do cromossomo Y – não apenas nas linhagens representadas nas “pontas” da árvore. E muito interessantemente, o crescimento populacional e os dados do cromossomo Y também parecem se encaixar bem com mudanças específicas na estrutura populacional na história antiga, como a fome global descrita durante a vida do patriarca bíblico José como governante no Egito, conforme descrito nos capítulos posteriores de Gênesis. Uma fome global prejudicaria drasticamente o crescimento populacional e seria detetada em análises genéticas.

Em relação à importância desses novos resultados, Jeanson disse à equipe do ICR,

Isso adiciona uma segunda linha de evidência independente para confirmar a origem recente da raça humana. Ele refuta preventivamente as tentativas evolucionárias de contornar a primeira linha de evidência e fortalece as conclusões criacionistas iniciais.

Ao resumir o principal desafio que esta nova pesquisa apresenta à comunidade científica secular, Jeanson afirmou:

Tem sido interessante ver os evolucionistas reagirem a essas novas descobertas. Ou, devo dizer, deixar de reagir a elas. Vi um evolucionista contestar vigorosamente online a primeira descoberta, citando um “problema” que obviamente não percebi. Acontece que o “problema” foi o assunto de todo o segundo artigo – um artigo que mostrava que o “problema” não apenas havia sido resolvido, mas também tornara as respostas evolutivas ainda mais difíceis de invocar. Não é à toa que ele não fez nenhum comentário sobre o segundo artigo. Isso realmente vira a mesa nesse debate, colocando os criacionistas na ofensiva e os evolucionistas na defensiva.

De fato, este novo estudo não é apenas uma refutação sólida da especulação evolutiva, mas uma forte confirmação das origens recentes da humanidade.

Referências
1. Johnson, J. J. 2008. How Young Is the Earth? Applying Simple Math to Data in Genesis. Acts & Facts. 37 (10): 4-5.
2. Hardy, C. and R. Carter. 2014. The biblical minimum and maximum age of the earth. Journal of Creation. 28 (2): 89-96.
3. Tomkins, J. P. 2019. Y-Chromosome Study Confirms Genesis Flood Timeline. Creation Science Update. Posted on icr.org December 17, 2019, accessed January 24, 2020.
4. Jeanson, N. T. and A. D. Holland. 2019. Evidence for a Human Y Chromosome Molecular Clock: Pedigree-Based Mutation Rates Suggest a 4,500-Year History for Human Paternal Inheritance. Answers Research Journal. 12: 393-404.
5. Jeanson, N. T. 2019. Testing the Predictions of the Young-Earth Y Chromosome Molecular Clock: Population Growth Curves Confirm the Recent Origin of Human Y Chromosome Differences. Answers Research Journal. 12: 405–423.
6. Tomkins, J. P. 2015. Genetic Clocks Verify Recent Creation. Acts & Facts. 44 (12): 9-11.
7. Jeanson, N. T. 2015. A Young-Earth Creation Human Mitochondrial DNA “Clock”: Whole Mitochondrial Genome Mutation Rate Confirms D-Loop Results. Answers Research Journal. 8: 375–378.
8. Jeanson, N. T. 2016. On the Origin of Human Mitochondrial DNA Differences, New Generation Time Data Both Suggest a Unified Young-Earth Creation Model and Challenge the Evolutionary Out-of-Africa Model. Answers Research Journal. 9: 123–130.
9. Tomkins, J. P. 2019. Six Biological Evidences for a Young Earth. Acts & Facts. 48 (5):10-13.

Artigo original por JEFFREY P. TOMKINS, PH.D.  em : https://www.icr.org/article/population-growth-matches-bible-dna/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: