Lança o teu cuidado sobre o Senhor, e ele te susterá; não permitirá jamais que o justo seja abalado. Salmos 55:22 Análise Spurgeon

A preocupação, ainda que exercida sobre objetos legítimos, se levada ao excesso, tem em si uma medida de pecado. O preceito de evitar cuidados ansiosos é seriamente inculcado por nosso Salvador, repetidas vezes; é reiterado pelos apóstolos; e é algo que não pode ser negligenciado sem envolver o pecado – pois a própria essência da preocupação ansiosa é imaginar que somos mais sábios do que Deus e nos colocarmos em Seu lugar para fazer por Ele o que Ele se comprometeu a fazer por nós. Tentamos pensar nisso, e imaginando que Ele esquecerá. Trabalhamos para tomar sobre nós o nosso fardo fatigado – como se Ele fosse incapaz ou não quisesse tomá-lo por nós!

Agora, esta desobediência ao Seu simples preceito, esta incredulidade em Sua Palavra, esta presunção em se intrometer em Sua província – é tudo pecaminoso. Ainda mais do que isso, o cuidado ansioso muitas vezes leva a atos de pecado. Aquele que não pode deixar calmamente seus assuntos nas mãos de Deus, mas carrega seu próprio fardo, é muito provável que seja tentado a usar meios errados para ajudar-se a si mesmo. Este pecado leva a um abandono de Deus como nosso Conselheiro e, em vez disso, recorre à sabedoria humana. Isso é ir para a “cisterna quebrada” em vez de para a “fonte”; um pecado que foi lançado contra o Israel da antiguidade.

A ansiedade nos faz duvidar da bondade de Deus e, assim, nosso amor por Ele esfria. Sentimos desconfiança e, assim, entristecemos o Espírito de Deus – de modo que nossas orações se tornam impedidas, nosso exemplo consistente é prejudicado e nossa vida é egoísta. Assim, essa falta de confiança em Deus, nos leva a vagar para longe dEle. Mas se por meio da simples fé em Sua promessa, lançarmos cada fardo, à medida que vierem, sobre Ele, e “não preocupando com nada” porque Ele se compromete a cuidar de nós, isso nos manterá perto Dele e nos fortalecerá contra muitas tentações. “Você manterá em perfeita paz aquele cuja mente está firme em você, porque ele confia em você!”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: