Descoberto milípede fóssil “grande como um carro”

Um exoesqueleto de milípede fossilizado foi encontrado na Inglaterra de uma criatura estimada em três metros de comprimento – um lembrete do tamanho dos animais no mundo pré-diluviano.

Muitas pessoas não gostam muito de rastejantes assustadores. . . especialmente os grandes, como as tarântulas. Mas e se você vivesse antes do dilúvio dos dias de Noé, quando insetos teriam tamanhos enormes? Você pode nem se importar com uma tarântula “pequena” em comparação com um milípede do comprimento de um carro! A que me refiro?

Bem, os cientistas descobriram recentemente segmentos corporais fossilizados num leito fóssil no norte da Inglaterra de um milípede que eles estimam ter apenas 2,7 metros de comprimento e pesava cerca de 50 quilos. Tal como acontece com muitos fósseis, eles não encontraram a criatura inteira, apenas o que era “provavelmente um segmento deformado do exoesqueleto da Arthropleura”. Eles acreditam que ela estava “cheia de areia, preservando-a por centenas de milhões de anos”. Claro, esse momento é pura especulação – os exoesqueletos raramente são preservados no presente, e certamente não através de processos lentos e graduais como esse! É preciso uma catástrofe (como o Dilúvio de Noé) para enterrar rapidamente as criaturas, ou suas partes do corpo, porque (felizmente!) Deus projetou um sistema complexo que decompõe plantas e animais mortos muito rapidamente.

Começando com uma visão de mundo bíblica, sabemos que essa criatura não é uma relíquia de uma era distante, quando insetos maciços dominavam o chão da floresta. É uma criatura que viveu no mundo pré-dilúvio, criada no sexto dia da semana da criação, junto com as outras criaturas terrestres. Seu exoesqueleto derretido foi rapidamente enterrado em enchentes que o preservaram por alguns milhares de anos, até que um pedaço de arenito abriu a rocha em que foi preservado. Mas porque esse inseto era tão grande?

Bem, não sabemos ao certo, mas é provável que o gigantismo fosse parte da variedade que Deus construiu em vários tipos de animais que criou. Ele colocou uma quantidade incrível de variedade (diversidade genética) em todos os tipos que fez, para que os organismos possam se adaptar e prosperar num mundo pós-queda em constante mudança. Tamanhos enormes podem ter sido apenas parte disso. Claro, também não sabemos ao certo como era o ambiente antes do dilúvio, e um clima mais quente ou estações de inverno mais curtas, entre outras coisas, podem ter tido um impacto substancial no tamanho de algumas criaturas.

Quanto mais aprendemos sobre a criação de Deus – tanto existente (presente) quanto extinta – mais ficamos maravilhados com a incrível criatividade de Deus.

Artigo original por Ken Ham em : https://answersingenesis.org/creepy-crawlies/fossil-millipede-as-big-as-car-discovered/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: