O que é o Homo Naledi?

Mais de quatro anos se passaram desde a descoberta de Lee Berger sobre os ossos do Homo naledi no sistema Rising Star, Caves da África do Sul.1 No entanto, as disputas sem fim sobre ossos na literatura científica deixam muitos ainda se perguntando o que esses fósseis realmente representam. H. naledi é algum tipo de humano, ou identifica-se mais com um macaco extinto como o famoso Australopithecus “Lucy”? Para responder a esta pergunta, examinei a última pesquisa publicada sobre a anatomia dos variados espécimes H. naledi.

Duas câmaras conhecidas continham fragmentos de ossos de H. naledi: a câmara Dinaledi original e um site mais recente chamado Câmara Lesedi.2 A equipa de Lee Berger reabriu recentemente as escavações em ambas as câmaras, encontrando ossos adicionais na Câmara Dinaledi.3 Eles também encontraram uma terceira câmara-caverna em um sítio próximo que teria mais ossos H. naledi.4

Mas Deus diz claramente em Génesis que não há nenhuma evolução a ligar Seus tipos criados.

Claro, o mundo secular saudou essa descoberta como algum tipo de antepassado humano. Mas Deus diz claramente em Gênesis que não há nenhuma evolução a ligar Seus tipos criados. Portanto, nenhuma evolução liga o tipo de macaco H. naledi com a humanidade.

Então, o que é H. naledi? Alguns cientistas da criação entraram no debate, primeiro afirmando que os ossos representavam algum tipo de humano. Eles acreditavam que a presença dos ossos dentro da caverna indicava o enterro intencional dos mortos.5-7 Esses estudos criacionistas se concentraram principalmente no crânio e nas características dentárias dos espécimes e nas interpretações geológicas seculares de disposição deliberada.

Em resposta, outros cientistas criacionistas estudaram os ossos, incluindo os caracteres pós-cranianos como vértebras e costelas, 8,9 e as hipóteses de disposição deliberada sugeridas por cientistas seculares.10 Suas descobertas mostraram que H. naledi não está dentro do tipo humano (Homo sapiens) mas dentro do tipo Australopithecus. Essencialmente, isso faz de H. naledi outro exemplo de um macaco extinto, do mesmo tipo que Lucy.

Essencialmente, isto faz do H. naledi outro exemplo de macaco extinto do mesmo tipo de Lucy

Minha própria pesquisa examinou a hipótese de disposição deliberada e descobri que a presença de ossos em duas câmaras próximas, mas separadas, faz desta disposição muito improvável, na difícil de chegar, Câmara Dinaledi. 10 A maioria dos ossos em ambas as câmaras era bastante desarticulada e fragmentada, e nenhum artefacto como ferramentas de pedra ou joalharia foram encontrados, que poderiam indicar um enterro ritual típico dos seres humanos. Em vez disso, os ossos de H. naledi poderiam ter sido simplesmente  arrastados para ambas as câmaras quase simultaneamente durante os episódios de inundação da Idade do Gelo no sistema de cavernas.

Um trabalho de pesquisa final comparou o tamanho do cérebro (volume endocraneal) com a massa corporal de vários grupos humanos e hominins, incluindo H. naledi (Figura 1) .11 Jean O’Micks descobriu que os agrupamentos de H. naledi estão mais próximos de Australopithecus e Paranthropus e “dão” [s] suporte adicional para a ideia de que H. naledi não é um membro do holobaramin (tipo) humano, mas sim é uma espécie de macaco, muito provavelmente um australopitheco “. 11

what_is_homo_naledi_fig1

Não há ancestrais “quase humanos”, apenas humanos e macacos – dois tipos separados – assim como Deus os criou há cerca de 6.000 anos atrás.

Então, qual é o veredicto sobre H. naledi? Pesquisa detalhada mostra que não é mais do que outra espécie de macaco extinto – outra versão de Lucy. Não há ancestrais “quase humanos”, apenas humanos e macacos – dois tipos separados – assim como Deus os criou há cerca de 6.000 anos atrás.

Artigo original por Tim Clarey, Ph.D. em https://www.icr.org/article/10338

Referências:

  1. Berger, L. R. et al. 2015. Homo naledi, a new species of the genus Homo from the Dinaledi Chamber, South AfricaeLife. 4: e09560.
  2. Hawks, J. et al. 2017. New fossil remains of Homo naledi from the Lesedi Chamber, South AfricaeLife. 6: e24232.
  3. Greshko, M. 2017. Cave Explorers Find New Fossils of Mysterious Human Relative. National Geographic. Published on nationalgeographic.com on September 13, 2017, accessed September 16, 2017.
  4. Revealed during Lee Berger’s talk at the Perot Museum in Dallas, Texas, on October 11, 2017.
  5. Wood, T. C. 2016. An evaluation of Homo naledi and “Early” Homo from a Young-Age Creationist Perspective. Journal of Creation Theology and Science Series B: Life Sciences. 6: 14-30.
  6. Wood, T. C. 2017. Identifying Humans in the Fossil Record: A Further Response to O’Micks. Answers Research Journal. 10: 57-62.
  7. McLain, M. 2017. Reply to O’Micks Concerning the Geology and Taphonomy of the Homo naledi Site. Answers Research Journal. 10: 55-56.
  8. O’Micks, J. 2016. Homo naledi Probably Not Part of the Human Holobaramin Based on Baraminic Re-Analysis Including Postcranial Evidence. Answers Research Journal. 9: 263-272.
  9. O’Micks, J. 2017. Further Evidence That Homo naledi Is Not a Member of the Human Holobaramin Based on Measurements of Vertebrae and Ribs. Answers Research Journal. 10: 103-113.
  10. Clarey, T. L. 2017. Disposal of Homo naledi in a possible deathtrap or mass mortality scenario. Journal of Creation. 31 (2): 61-70.
  11. O’Micks, J. 2017. Likely Discontinuity Between Humans and Non-Human Hominins Based on Endocranial Volume and Body Mass with a Special Focus on Homo naledi – A Short Analysis. Answers Research Journal. 10: 241-243

image credit: Copyright © J. Hawks/Wits University. Adapted for use in accordance with federal copyright (fair use doctrine) law. Usage by ICR does not imply endorsement of copyright holder.

* Dr. Clarey is Research Associate at the Institute for Creation Research and earned his Ph.D. in geology from Western Michigan University.

Cite this article: Tim Clarey, Ph.D. 2017. Just What Is Homo naledi?. Acts & Facts. 46 (12).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: